Jesus: luz e esperança para toda a humanidade

Mensagem Litúrgica – Noite de Natal
Primeira Leitura: 2Sm 7,1-5.8b-12.14a.16; Salmo Responsorial: Sl 88; Segunda Leitura :Tt 2,11-14; Evangelho: Lc 1,67-79



Ao falar aos fiéis durante a homilia proferida na missa da noite de Natal, celebrada em 24 de dezembro, Frei Gilberto de Jesus Rodrigues, Ministro Provincial da Ordem dos Frades Menores Conventuais, ressaltou que o centro da festa é Deus que se fez homem para salvar a humanidade. Ele também afirmou que para não esvaziar o sentido do Natal é necessário ter a virtude da fé.


“O nascimento de Jesus é a grande luz e a grande esperança para toda a humanidade”, destacou Frei Gilberto. Ele observou que Deus poderia ter nascido em uma grande nação ou família, mas escolheu a simplicidade da família de Nazaré para vir ao mundo. “A realeza de Cristo não está na prata nem no ouro, mas na dignidade de filho de Deus”, afirmou.

WhatsApp Image 2020 12 24 at 221349

Clique na imagem e confira mais fotos da celebração

O Natal é considerado pelo Frei como uma festa de toda a família humana. Ele acredita que Cristo está presente em tudo que está relacionado a festividade inclusive na vontade de visitar familiares e amigos e de celebrar a data com eles. “Natal é tempo de união, de perdão, é tempo da família sentar à mesa, é tempo de voltar a Deus, é tempo de nascer na fé”, exemplifica.


Porém ele alerta que o Natal perde o sentido se retirarmos a dimensão espiritual da festa, ou seja, sem Jesus a data deixa de ser especial. “A festa do Natal exige do mundo, exige de nós, uma virtude importante: a virtude da fé”, afirmou Frei Gilberto. “Compreender o Natal, olhar o Natal, olhar os sinais do Natal, sem fé é perder o sentido da vida,” advertiu.

WhatsApp Image 2020 12 24 at 221427


Para o celebrante, é necessário utilizar-se da fé para crer que a cada Natal nós não só celebramos um fato histórico, mas revivemos o nascimento de Cristo. “Jesus nasce de fato espiritualmente em nós pela fé assumida, pelos valores vividos, pelas graças que são acolhidas por nós”, explica.


Somos convidados nesta festa a abrir o coração a Cristo e deixar que ele faça parte da nossa vida, segundo Frei Gilberto. Ele lembrou que a nossa salvação virá pelas nossas decisões e ações de fé. O Ministro Provincial finalizou a homilia dizendo que acolher o Menino Jesus em nossos corações é o melhor presente que podemos oferecer a Deus.


Texto: Adriana Gimenes
Fotos: Natália Gimenes
Edição: Kelsiane Nunes