Homilia do Frei Rafael Normando: Para sermos sinais do Cristo Rei

Mensagem Litúrgica da celebração da Solenidade de Jesus Cristo, Rei do Universo, e da Primeira Comunhão 2018 do Santuário São Francisco de Assis. Primeira Leitura (Dn 7,13-14), Responsório (Sl 92), Segunda Leitura (Ap 1, 5-8), e Evangelho (Jo 18, 33b-37).

Foi a celebração dois importantes momentos. Primeiramente, a Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo. E a Eucaristia dos nossos catequizandos do Santuário São Francisco de Assis, 125 crianças receberam, pela primeira vez, o Corpo e o Sangue de Cristo. A Coordenadora-Geral da Catequese, Rosângela Brito, emocionada, recorda que a Primeira Eucaristia é uma das celebrações mais importantes do Santuário, “pois é por meio dela que somos alimentados pelo Corpo e o Sangue de Cristo, que nos mantém firmes na fé. As crianças são o futuro do nosso Santuário, continuarão a caminhada da Igreja e isso me entusiasma e fortalece, como coordenador, a servir o Senhor. É muito gratificante todo o trabalho de evangelização no âmbito da Catequese, sendo realizado e tendo como fechamento, a cada ano, a entrega do Supremo Bem, Jesus Eucarístico, aos nossos catequizandos”, declarou. A catequizanda Thábata Rayssa Gomes da Silva, 10 anos, que também serve ao Santuário como Coroinha, esteve ansiosa desde a véspera do evento, para ela, receber Jesus em seu corpo seria tão doce quanto um pirulito, e por isso a Confissão era tão importante, para lavar os nossos pecados, e a Primeira Comunhão nos ensina que devemos cuidar dos nossos irmãos”, disse. Durante a homilia, Frei Rafael Normando (OFMConv.), nosso Pároco, pediu à comunidade para rezar ao Senhor Rei do Universo, que nos abençoe e nos acolhe.

No dia 17 de novembro, as crianças se confessaram, e o Pároco percebeu os sinais do Senhor e de Sua santidade pela simplicidade e inocência e vontade delas de estarem diante do Senhor, de modo especial na Eucaristia, onde todos nós temos esse desejo. Que essas crianças possam manifestar não apenas no ato de receber Jesus, mas em todas as suas atitudes, e ao saírem daqui possam ser sinais dessa luz que toca o coração de Jesus. E por que as crianças ficam tão nervosas, questionou Frei Rafael, “porque farão algo muito importante, estudado e refletido por nossos catequistas durante o primeiro período da Catequese, a respeito da realidade da vida”, afirmou. O momento de hoje, da celebração da Eucaristia, é a conclusão dessa reflexão.

Durante o Retiro de Casais, em Caldas Novas, ocorrido entre os dias 23 e 25 de novembro, foi mostrado a vários pais a necessidade de estarem unidos para criarem seus filhos, e da mesma forma, Frei Rafael trouxe aos pais presentes na celebração essa necessidade, para que possam ser testemunho para seus filhos e filhas, já que foram eles que abriram essa vertente, levando-os a realizar a primeira eucaristia. Também falou para as crianças sobre a necessidade de perseverar, junto com seus pais, irmãos, estando presentes nas Santas Missas. E levando Cisto aos nossos colégios e onde mais conviverem, por meio do exemplo.

Nas missas da Catequese, ocorridas às 11h na Cripta, as crianças aprenderam a partilhar, como por exemplo simplesmente, um lance, quando o coleguinha o esquece, e a ajudar os amigos a ficarem felizes quando eles estiverem tristes, pois isso é seguir o exemplo de Jesus. E esse Jesus Cristo, vale à pena comungar. Vejam as fotos dos melhores momentos da Solenidade.

Comments are closed.