Novena de São Francisco – Segundo dia

Tema: São Francisco e a pobreza de espírito

Leitura das admoestações de São Francisco
14ª ADMOESTAÇÕES: DA POBREZA DE ESPÍRITO
1 “Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus” (Mt 5,3). 2 São muitos os que insistem nas orações e nos ofícios e fazem muitas a abstinências e aflições em seus corpos. 3 Mas por causa de uma só palavra que lhes pareça injuriar seus corpos, ou por causa que se lhes tire, escandalizados imediatamente se perturbam. 4 Estes não são pobres de espírito. Porque quem é verdadeiramente pobre de espírito odeia a si mesmo (cf. Lc 14,26; Jo 12,25) e ama aos que lhe batem na face (Mt 5,39). EM LOUVOR DE CRISTO! Amém.
Oração: Ó glorioso Deus altíssimo,
iluminai as trevas do meu coração,
concedei-me uma fé verdadeira,
uma esperança firme e um amor perfeito.
Dai-me! Senhor, o reto sentir e conhecer,
a fim de que possa cumprir
o sagrado encargo
que na verdade acabais de dar-me.
Amém.
Pai nosso…
Ave maria…
Glória ao Pai…