Santuario Sao Francisco de Assis

Devemos confiar em Jesus

Homilia da 6ª Missa seguida de Adoração da Quaresma Franciscana de São Miguel Arcanjo, em 15 de setembro de 2020, presidida pelo Padre Vanilson.

No dia de Nossa Senhora das Dores, Padre Vanilson, destacou a importância do mistério pascal e da Quaresma de São Miguel Arcanjo como um caminho para uma vida de santidade. As leituras do dia destacaram o clamor de Jesus ao Pai com preces e súplicas, e assim devemos fazer. “Jesus foi atendido em suas preces e súplicas pela humanidade e foi atendido pela sua entrega, nós com nossas súplicas e lágrimas, quando nos dirigimos a Jesus, e somos obedientes aos desígnios do Pai, como foi Jesus, somos atendidos”.

A intenção da Quaresma no dia 15 foi pela cura de doenças físicas e espirituais, e o celebrante pediu aos fiéis que se entreguem às suplicas e orações a Deus de forma intensa e integral, sem divisões. Deus nos cura das doenças físicas, mentais e espirituais, e muitas vezes nossos problemas espirituais são causados pela falta de saúde física e mental. “Podemos cair na tentação de dizer que o que importa é a alma, mas o que importa é a unidade e sanidade entre corpo, mente e alma”, disse.

Padre Vanilson exortou os fiéis a buscar a sanidade do corpo, mente e alma para que a oração nos traga harmonia e nos aproxime de Jesus, porque o ser humano integrado é capaz de transcender. “São João da Cruz, Santa Tereza d’Ávila, alcançaram essa capacidade de transcender, e se nós quisermos viver essa experiência do Sagrado, precisamos nos harmonizar, corpo, alma e mente, e esse desafio é muito grande nos dias de hoje”, disse.

Hoje nós somos como a barca no meio do mar agitado. Nós indivíduos e a nossa Igreja. Precisamos buscar a harmonia. Quando o filho do homem for levantado da terra, a salvação virá!

Padre Vanilson observou que durante seu ministério viu muitos católicos valorizarem mais o mal do que o bem. E chamou a atenção para confiarmos e colocarmos nossa atenção e confiança em Jesus. “eu creio no Senhor, e isso me basta”. Não preciso temer, eu estou seguro. Jesus disse: ‘Estarei contigo até o fim dos dias’. O Senhor nos salva e nos liberta, essa deve ser nossa crença, nossa Fé. Nossa Senhora é a mediadora junto ao Filho, os santos são mediadores diante de Jesus, São Miguel, nesta Quaresma, é instrumento para que possamos acordar e despertar para o senhorio de Cristo: “Quem como Deus? Ninguém como Deus”.