Santuario Sao Francisco de Assis

Jubileu de prata do ministério sacerdotal do Frei João é comemorado com grande festa

Autoridades públicas, freis, diáconos, padres, freiras, bispos, a família e a comunidade paroquial se reuniram para uma celebração em comemoração aos 25 anos de sacerdócio do nosso Pároco e Reitor, Frei João Benedito. Logo após a missa, houve um jantar no salão paroquial para marcar a festa.

 

Texto: Patrícia Gomes

Fotos: Valcir Araújo

A celebração dos 25 anos de ministério sacerdotal do no nosso Pároco e Reitor, Frei João Benedito, foi marcada pela presença de autoridades públicas, Bispos, Freis, diáconos, padres e por muitas homenagens. A celebração foi presidida inicialmente por Dom Marcony que passou a presidência logo no início para o Frei João por ele ser o aniversariante. No final, o Frei João passou novamente a presidência para Dom Marcony que finalizou a missa.

Em sua homilia, o Frei Janusz disse que desejava todas as bênçãos e graças de Deus ao Frei pelas mãos de Maria Imaculada. “Frei João perdeu seu pai com apenas nove dias de nascimento. A sua mãe, a dona Salomé, vai acompanhá-lo com o todo o amor materno e vai confiá-lo a Nossa Senhora para que fosse padre. Infelizmente ele perdeu a mãe pouco tempo antes de ser ordenado, quando eu pessoalmente também sentia a perda da minha própria mãe. A gente sabe pela própria experiência como é difícil, mas é necessário nos voltarmos para Maria que o próprio Jesus nos deu como mãe. Então hoje eu peço para que Nossa Senhora acompanhe esse nosso irmão por mais anos no seu ministério sacerdotal”, afirmou o bispo.

Antes das ofertas, foram apresentados alguns símbolos significativos que marcaram a vida do Frei João Benedito: o quadro dos pais recordando a sua origem e alicerce familiar, a veste de coroinha recordando a sua disposição desde criança em servir no altar de Cristo, o hábito representando sua vida de simplicidade que abraçou para seguir o Cristo e a estola recordando o dia em que Frei João recebeu o sacramento da ordem. O cálice, o pão e o vinho recordaram a primeira vez que o Frei João elevou para consagrar o sangue de Cristo. “Com os dons do pão e do vinho apresentamos toda a vida e missão do Frei João Benedito. Tudo que ele viveu ao longo desses 25 anos e tudo que há de viver no seu ministério”, ressaltou o comentarista.

Em seu discurso, Frei João disse: “Como retribuirei ao Senhor por todo o bem que me fez? Erguerei o cálice da salvação invocando o nome santo do Senhor”.

“Foi essa frase que escolhi para colocar no convite dessa nossa celebração. Essas palavras buscam sintetizar os sentimentos que tenho vivido desde que o momento em que percebi que a data de hoje estava chegando. Sou profundamente agradecido a Deus, o sumo bem, a Igreja, a ordem franciscana e a todos vocês. Olhando essa assembleia eu via os vossos rostos e praticamente com cada um de vocês eu tenho uma história, um pedaço do meu, dos nossos corações que se encontram. Ontem eu tive a graça de celebrar essa data com meus colegas de turma, Frei Josué, Frei Roberto e toda a comunidade provincial, mas achei que era um prazeroso dever compartilhar com vocês esse momento que não é somente meu, mas de algum modo é de todos e de cada um de vocês. São passados 25 anos daquele dia em que Dom Frei Agostinho nessa Igreja, com a imposição das mãos e a consagração, me transmitiu o ministério sacerdotal e a ordem dos presbíteros. Para mim anos de doação e trabalho, mas sobretudo e, lhes falo de coração, foram momentos de graça, de partilha, de um caminho de fé com tantas pessoas que me são caras. Antes de tudo quero dizer que tem pessoas que sinto falta nessa celebração, que me foram importantes e que hoje estão na casa do Pai: minha mãe, o Padre Guilherme, o Frei Agostinho. Reconheço com felicidade que eles me ajudaram a ser o ministro que sou hoje. Quero estar sempre unidos a vocês meus amigos, meus irmãos, confrades, irmãos no sacerdócio, religiosos, diáconos. Perdão pelas vezes que não fui suficientemente amigo, irmão e sacerdote. Rezem por mim e me ajudem a ser ministro de Deus”, finalizou o Frei.

Após a bela celebração na nave, a comunidade e convidados se reuniram para um jantar no salão paroquial. Rezemos para que o ministério do Frei João dê ainda mais frutos e que possamos ser testemunhos do seu jubileu de ouro! Parabéns Frei João!