Santuario Sao Francisco de Assis

São Francisco atrai a todos por meio de seus ideais

Mensagem Litúrgica do nono dia da Novena do Seráfico pai, São Francisco, em 2020

Durante a celebração do último dia da Novena em honra a São Francisco de Assis, que ocorreu no sábado (03), Frei Mieczyslaw Tlaga (OFMconv), vigário da paróquia São Francisco de Assis de Valparaíso (GO) – que além de primeiro pároco do Santuário ajudou a fundá-lo e construí-lo – convidou os fiéis a refletirem a razão de Francisco de Assis ser um santo que atrai tantas pessoas. “Quando adentramos sua (de São Francisco) doutrina, saímos convencidos. Quando lemos a vida de São Francisco, saímos convertidos. Quando ouvidos as palavras dele, nós saímos melhorados”, opinou o celebrante.

Frei Mieczyslaw elencou aquilo que para ele torna a personalidade de São Francisco tão atraente até os dias de hoje: “Seu modo de portar-se com seriedade sem exageros. Seu rigor medido, contido dentro de limites humanos. Sua exuberância alegre, mas controlada em sólida virtude. Virtude que alimenta e salienta os dons naturais e não os apaga e distorce. Sua humildade e humanidade sempre presente, levando a portasse com naturalidade e dignidade. Seu respeito profundo pelo criado, homens e coisas, sem bajulações ou servidiços muito menos dominações e explorações. Sua fé pura, simples, radiante e presente que o faz ver Deus em tudo e transmitir essa descoberta de Deus a todos com naturalidade sem artifícios”.

O celebrante lembrou que foram esses ideais de São Francisco de Assis, estampados nos freis que participavam de uma olimpíada interna no Jardim da Imaculada de Cracóvia – Polônia – em uma visita que fez ao local, que o atraiu para seguir os passos do santo italiano. Frei Mieczyslaw também lembrou que esses ideias também atraiu Frei João Benedito e Frei Flávio, respectivamente reitor e vigário do Santuário, que concelebravam a missa com ele.

Para Frei Mieczyslaw, o ideal de São Francisco também tocou o atual Papa que, quando eleito escolheu, o nome Francisco para seu pontificado. Ele compartilhou uma história contada pelo Cardeal Dom Claudio Hummes, franciscano, que foi o primeiro a cumprimentar o novo papa, e disse a ele: “Não se esqueça dos pobres”. Para o celebrante assim fez Jorge Bergoglio ao declarar que a escolha do nome Francisco era uma homenagem a São Francisco, o pobre de Assis, e que o nome sempre o faria lembrar dos pobres. “E o papa vem pregando a mensagem de desapego, e amor aos pobres”, argumentou Frei Mieczyslaw.

Ele também afirmou que o modo de vida simples sempre foi uma das características que chamou tanta gente para perto do Pai Seráfico Francisco de Assis. Ele também fez memória a publicação da nova encíclica “Frattelli Tutti”, que foi assinada por Papa Francisco em Assis (Itália) durante a manhã de sábado (03). Para o celebrante, com a nova carta aos membros da Igreja, o Papa faz reviver as ideais de São Francisco e convidou os fies a não só lerem e estudarem a nova encíclica como também a viverem os ensinamentos do Santo de Assis que estão presentes nela.

Você pode acessar a Encíclica FRATELLI TUTTI clicando aqui .