Santuario Sao Francisco de Assis

Sejamos Igreja de verdade e colaboradores de São Miguel!

Homilia da 3ª Missa seguida de Adoração da Quaresma Franciscana de São Miguel Arcanjo, com Padre Roger Araújo. Primeira Leitura 2 Ts 2,1-3.14-17, Salmo Responsorial 95(96), Evangelho Mt 23, 23-26.

Por Patrícia Gomes

A terceira noite de Adoração da Quaresma Franciscana de São Miguel foi dedicada à oração pela Igreja. Em sua homilia, o Padre Roger Araújo fez memória à Arca de Noé para dizer que nos tempos de hoje devemos permanecer na arca chamada Igreja. Ressaltou que vivemos em um mundo que contesta tudo e, por isso, precisamos mais do que nunca sermos católicos de verdade e assumirmos a fé que a mãe Igreja nos dá. Além disso, é necessário estar em comunhão com o Papa Francisco, que, inclusive, escolheu esse nome em homenagem a São Francisco de Assis: um dos homens que mais demonstrou a sua fé em todo o mundo. “A Igreja já passou pelas maiores catástrofes e crises da humanidade, mas permanece inabalável, pois tem como pilar Jesus Cristo. Precisamos estar em comunhão com ela”, afirmou o Padre.

Clique na imagem para ver mais fotos

O Padre Roger comentou o Evangelho de São Mateus 23, 23-26, que narra a hipocrisia dos fariseus, pois pagavam o dízimo, mas não tinham compaixão e nem fidelidade. O Padre disse que muitos religiosos são hipócritas, uma vez que estão sempre dentro da Igreja, mas vivem de aparências, arrogâncias e usam máscaras, não se mostram tal como são. O Padre ressaltou que a mente hipócrita é uma mente na qual Deus não consegue entrar, pois é uma mente inquieta e que está sempre com pensamentos de julgamento. Por essa razão, disse o Padre, devemos entregar os nossos pensamentos para Deus, a fim de que não caíamos na tentação do julgamento hipócrita. “Jesus Cristo nunca disse “Ai daqueles” para ladrões e cobradores de impostos, mas disse para a hipocrisia religiosa. Por essa razão, devemos vigiar e pedir para que São Francisco nos ajude a não sermos hipócritas”, disse o religioso.

Por fim, o Padre falou sobre a importância de levarmos a proteção de São Miguel para dentro das nossas casas e para junto da nossa família. Disse que as portas do inferno nunca prevalecerão contra a Igreja, pois tem São Miguel como guardião e protetor. “Devemos sempre invocar São Miguel para combater os maus pensamentos. Só existem tantas mazelas na humanidade por causa dos colaboradores dos anjos maus. Sejamos bons, sejamos colaboradores de São Miguel”, finalizou o Padre.

Fotos: Gerlania Moraes